Quando Sopra o Amor

Amitrano

Quem povoa o pensamento

E habita o coração

Se lançada for ao vento

Vai virar um furacão

Se a vida é um momento

Cada dia, uma emoção

Quem resiste ao sentimento

Viverá de solidão

É o amor que sopra forte

Quebra tudo e nos encanta

Chega firme, bagunçando

Nos derruba  e nos levanta

Passa tudo, passa o tempo

Sem você é tudo vão

Se a distância é um tormento

Celebramos a união

Não existe contratempo

Pra quem ama com paixão

Diferenças com o vento

Com certeza passarão

 

OBRA REGISTRADA E TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Clique e comente no final da página

Que Vida é Essa?

Amitrano

Que vida é essa

Que ninguém pede pra nascer

Mas depois não quer morrer?

É bom à beça

Mas não dá pra entender

A gente vem sem pedir

A gente vai sem querer

Não leva nada daqui

Nem sabe quando vai ser

Que vida é essa? Que vida é essa?

Que vida é essa que a gente se mata pra viver

E ainda paga por prazer?

Se a dor não cessa

Ninguém sabe responder

A gente vem sem pedir

A gente vai sem querer

Não leva nada daqui

Nem sabe quando vai ser

Que vida é essa? Que vida é essa?

 

OBRA REGISTRADA E TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Clique e comente no final da página

Sinal Vermelho

Amitrano

Se em todo o mundo o sinal verde quer dizer sim

Vermelho quer dizer não

Então, por que nós desmatamos assim,

Deixando um rastro de barro vermelho no chão?

Cada segundo nossa mata mais carmesim

Barro e sangue se misturam, então

Quem desmata mata quem delata, enfim

Cartão vermelho de expulsão

Sinal vermelho é barro no chão

Sinal vermelho é sangue na mão

Se em todo o mundo o sinal verde quer dizer sim

Vermelho quer dizer não

Então deixemos de avançar para o fim

A multa é alta, é a destruição

Cada segundo nossa mata mais carmesim

Barro e sangue se misturam, então

Quem desmata mata quem delata, enfim

Cartão vermelho de expulsão

 

OBRA REGISTRADA E TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Clique e comente no final da página